UBUNTU – sistema operacional gratuito e de livre distribuição para todos.

 

home-banner-full

O que é Ubuntu?

Ubuntu é um sistema operacional desenvolvido pela comunidade, e é perfeito para laptops, desktops e servidores. Seja para uso em casa, escola ou no trabalho, o Ubuntu contém todas as ferramentas que você necessita, desde processador de texto e leitor de emails a servidores web e ferramentas de programação.

O Ubuntu é e sempre será gratuito. Você não paga por nenhum encargo de licença. Você pode baixar, usar e compartilhar com seus amigos e familiares, na escola ou no trabalho, sem pagar nada por isto.

Nós lançamos uma nova versão para desktops e servidores a cada seis meses. O que significa que você sempre terá as últimas versões dos maiores e melhores aplicativos de código aberto que o mundo tem a oferecer.

laptop_ubuntu

O Ubuntu é desenvolvido visando segurança. Você tem atualizações de segurança gratuitas por pelo menos 18 meses para desktops e servidores. Com a versão de Longo Tempo de Suporte (LTS) você tem três anos de suporte para desktops, e cinco anos para servidores. Não é cobrado nenhum valor pela versão LTS, bem como qualquer outra, nós disponibilizamos livremente o melhor que podemos oferecer para todos sob os mesmos termos. Atualizações para novas versões do Ubuntu são e sempre serão gratuitas.

Tudo o que você precisa em apenas um CD, que lhe proporciona um ambiente completo e funcional. Programas adicionais são disponibilizados através da Internet.

gnomemenu

O instalador gráfico lhe permite ter um sistema funcional de forma rápida e fácil. Uma instalação padrão deve levar menos de 30 minutos.

Uma vez instalado, seu sistema está imediatamente pronto para o uso. Na versão desktop você tem um conjunto completo de aplicativos para produtividade, internet, imagens, jogos, entre outras ferramentas.

Na versão servidor você tem tudo o que precisa para ter seu servidor funcional sem coisas desnecessárias.

O que a palavra Ubuntu significa?

Ubuntu é uma antiga palavra africana que significa algo como “Humanidade para os outros” ou ainda “Sou o que sou pelo que nós somos”. A distribuição Ubuntu traz o espírito desta palavra para o mundo do software livre.

“Uma pessoa com Ubuntu está aberta e disponível aos outros, assegurada pelos outros, não sente intimidada que os outros sejam capazes e bons, para ele ou ela ter própria auto-confiança que vem do conhecimento que ele ou ela tem o seu próprio lugar no grande todo.”

  • — Arcebispo Desmond Tutu em Nenhum Futuro Sem Perdão (No Future Without Forgiveness).Leia mais

Compromisso Ubuntu

  • O Ubuntu sempre será gratuito, e não cobrará adicionais por uma “versão enterprise” ou atualizações de segurança. Nosso melhor trabalho está disponível para todos sob as mesmas condições.
  • Uma nova versão do Ubuntu é lançada periodicamente a cada seis meses. Cada nova versão possui suporte completo, incluindo atualizações de segurança pela Canonical por pelo menos 18 meses, tudo isto gratuitamente.
  • O Ubuntu possui a melhor infraestrutura de tradução e acessibilidade que a comunidade do Software Livre tem a oferecer, tornando o Ubuntu usável por tantas pessoas quanto for possível.
  • O CD do Ubuntu possui apenas Software Livre, nós encorajamos você a usar software de código aberto, melhorá-lo e distribui-lo.

·         Baixe o Ubuntu

·         14.10 Utopic Unicorn

·         14.04.1 Trusty Tahr LTS

·         Mais opções

Como obter ajuda e suporte

Surgiu uma dúvida ou problema no Ubuntu?
Não se apavore! Provavelmente em uma das fontes citadas abaixo, você poderá encontrar a resposta de sua pergunta ou dúvida. Acesse-as e surpreenda-se com a excelente documentação e suporte provido pela comunidade.

Você pode optar por um dos 3 métodos de suporte:

Documentação

Oficial (off-line, português)

O Ubuntu possui uma documentação muito extensa e completa. Uma das documentações disponíveis é o Guia Desktop Ubuntu. O guia contempla uma introdução ao mundo Ubuntu, abordando comandos básicos, tarefas comuns e como configurar o sistema operacional. Para aqueles que estão iniciando no Ubuntu é uma leitura indispensável, imprescindível e o mais importante, acessível com apenas alguns cliques do mouse a partir do menu Sistema no seu desktop.

Acesse o Menu: Sistema > Ajuda e Suporte

Contribuída (online, português)

Wiki do Ubuntu-BR comporta a Documentação do Ubuntu em português do Brasil. É composto por uma grande quantidade de dicas e tutoriais sobre a utilização do Ubuntu feito pelo Time de Documentação Ubuntu-BR juntamente com a comunidade brasileira.

Acesse http://wiki.ubuntu-br.org/Documentacao

Faça sua busca na caixa de texto localizada no canto superior direito do site.
Obs: Por padrão, o sistema de busca do wiki procura somente pelos títulos das páginas e não pelo conteúdo (corpo). Logo, lembre–se de clicar no botão texto no momento da consulta, para forçar uma busca full-text, caso a busca por títulos não retorne nada.

Internacional (oficial/comunidade, inglês)

Wiki Oficial de Documentação do Ubuntu comporta a vasta documentação do Ubuntu em inglês. Diversos links do Guia Desktop remetem para essas páginas wiki ou para o repositório da documentação oficial estável.

Acesse http://help.ubuntu.com/community
Faça sua busca na caixa de texto localizada no canto superior direito do site.
Obs: Por padrão, o sistema de busca do wiki procura somente pelos títulos das páginas e não pelo conteúdo (corpo). Logo, lembre–se de clicar no botão texto no momento da consulta, para forçar uma busca full-text, caso a busca por títulos não retorne nada.

Suporte da Comunidade

Fórum

Lugar onde os usuários fazem e respondem perguntas, tiram suas dúvidas e discutem sobre assuntos diversos, separados por categorias. Antes de perguntar, pesquise, pois é bastante provável que seu problema ou dúvida já tenha sido levantado e respondido.

Acesse http://forum.ubuntu-br.org

Listas de Discussão

As listas de discussão do Ubuntu e da comunidade são os locais onde são discutidas as novidades, idéias e questões sobre o Ubuntu, muito frequentemente usada como meio de suporte. Seu funcionamento é baseado em troca de email entre todos os membros simultaneamente, tornando o conteúdo acessível por muitos.

Acesse a página das listas

Chat via IRC

As atividades da comunidade Ubuntu estão concentradas na rede FreeNode. Acesse a rede e converse em tempo real com os usuários e membros da comunidade.

Acesse o canal #ubuntu-br na rede irc.freenode.net
Caso ainda não saiba usar o IRC, acesse essa página.

Suporte Pago

Canonical Ltda. provê ao Ubuntu uma gama de opções para um completo suporte comercial, tal como sua empresa pode necessitar.

Acesse o site oficial do Ubuntu para maiores informações sobre o suporte oficial pago Suporte Canonical

Comunidade

A Comunidade Ubuntu Brasil é formada por pessoas voluntárias que visam contribuir com o sistema e com seus usuários, buscando interagir umas com as outras prestando suporte, divulgando, participando de eventos e compartilhando do espírito Ubuntu.

Se você quer participar desta comunidade, Saiba como.

Código de Conduta

Código de Conduta do Ubuntu rege o comportamento de todos os membros da Comunidade Ubuntu, em qualquer fórum, lista de discussão, wiki, site, canal de irc, install-fest, encontros públicos ou correspondências privadas. O Conselho Comunitário do Ubuntu irá arbitrar em qualquer discussão sobre a conduta de um membro da comunidade. Para estar de acordo, você precisa ler atentamente eassiná-lo.

Conselho

Conselho Ubuntu Brasil é formado por 3 membros oficiais do Ubuntu, responsável por tomar decisões que afetarão direta ou indiretamente o futuro da comunidade, arbitrar nos assuntos relacionados a imagem da comunidade e no comportamento de seus membros, bem como representar oficialmente a distribuição em território nacional. Os membros do Conselho são:

Para entrar em contato com o Conselho, utilize o email conselhobrasil©lists.launchpad.net

Equipe

Dentro do Ubuntu Brasil temos muitos subtimes que trabalham e cobrem todos os aspectos da comunidade, juntos formamos uma grande equipe que inclui os Grupos RegionaisTime de DocumentaçãoTraduçãoSegurançaPlanetaFórums e outros. Veja aquiquem são os responsáveis por cada um destes times e como entrar em contato.

Times Regionais

Os Times Regionais são células de representação da comunidade Ubuntu nos diversos estados brasileiros. Neles você poderá encontrar usuários do Ubuntu Linux que residem no mesmo estado e cidade e até mesmo bairro que você.
Os grupos organizam listas de discussões próprias, eventos, install fest e outras confraternizações e iniciativas, sendo uma forma muito interessante de se fazer novos amigos, contatos e trocas de experiências profissionais, culturais e sociais.
Entre em contato com o Time Regional do seu estado e ajude na divulgação do Ubuntu GNU/Linux no seu bairro, faculdade, escola, cidade, empresa… espalhe o espírito Ubuntu!

Usuários

Mapa de usuários do Ubuntu no Brasil mostra a localização geográfica de usuários do Ubuntu no território nacional, qualquer um pode adicionar seu nome no mapa.

Ubuntu-BR no Launchpad Time de Usuários Brasileiros do Ubuntu no Launchpad. Para participar deste time é necessário que o usuário esteja de acordo e tenha assinado o Código de Conduta.

Eventos, reuniões, lançamento de versão e encontros

A comunidade do Ubuntu tem como foco a sua raiz de humanidade para todos. Para tanto, busca incentivar Grupos Regionais a reunirem-se, compartilhar e difundir conhecimento. E se juntar em torno do Ubuntu. Cadastre o seu evento Ubuntu.

Locais

.

Fonte: http://ubuntu-br.org/

 

Faça agora download do Ubuntu 14.04

O Ubuntu 14.04 é uma das ver­sões do Ubuntu mais es­pe­radas. Esta é uma versão LTS, o que sig­ni­fica que terá um su­porte pro­lon­gado, sig­ni­fica que ha­verá 5 anos de atu­a­li­za­ções de pro­gramas e pa­cotes de se­gu­rança. Jun­ta­mente com esse facto, es­pera-se uma in­te­gração ainda maior com o Ubuntu Touch, o sis­tema para smartphones que tem evo­luído cada vez mais.

O Ubuntu 14.04 Trusty Tahr traz um kernel muito atual, traz o GTK 3.10 que traz por­me­nores vi­suais muito in­te­res­santes e traz um con­junto de ou­tras no­vi­dades vi­suais e fun­ci­o­nais que cer­ta­mente lhe agra­darão. Não es­pere mais se está em dú­vida para atu­a­lizar o seu Ubuntu e se tiver medo, con­si­dere antes fazer uma cópia de se­gu­rança do seu sis­tema.

Qual versão do Ubuntu que devo trans­ferir? 32­Bits ou 64­Bits?

Muitos uti­li­za­dores con­tactam os re­da­tores do Ubun­tued a per­guntar qual a es­ta­bi­li­dade da versão 64­Bits que ou­trora não era re­co­men­dada. Na ver­dade an­ti­ga­mente efe­ti­va­mente era pre­fe­rível es­co­lher uma versão 32­bits pois muitos pro­gramas e dri­vers (~kernel) não es­tavam 100% prontos para tra­ba­lhar em ar­qui­te­turas 64­bits.

En­tre­tanto muito mudou e, sem dú­vida, se você tem um sis­tema de 64­bits nós re­co­men­damos que uti­lize a versão 64 bits do Ubuntu! As van­ta­gens são claras: você fica com um sis­tema que vai usar o má­ximo do seu com­pu­tador.

 

Faça down­load agora do Ubuntu 14.04!

Links di­retos para fazer down­load do Ubuntu 14.04

Você tem vá­rias ma­neiras de fazer down­load do Ubuntu 14.04 Trusty Tahr. A ma­neira mais comum é através do link di­reto. Existe duas ver­sões prin­ci­pais do Ubuntu 13.10 que você po­derá fazer down­load con­forme a ar­qui­te­tura do seu com­pu­tador:

De­pois de fazer down­load do Ubuntu 14.04, convém fazer o teste md5 que irá dizer se o fi­cheiro que fez down­load ficou 100% gra­vado ou se ficou cor­rom­pido (por vezes acon­tece de ser mal trans­fe­rido). Para fazer o teste md5, você tem duas hi­pó­teses con­forme você es­teja no Win­dows ou no Ubuntu.

Caso você es­teja no Win­dows, ins­tale e uti­lize o MD5 Checker. No caso de você estar no Ubuntu, não pre­cisa de ins­talar nada, apenas pre­cisa de abrir o ter­minal e exe­cutar o co­mando se­guinte na pasta do fi­cheiro trans­fe­rido:

  • Para Ubuntu 14.04 versão 32 bits
md5sum ubuntu-14.​04-desktop-i386.​iso
  • Para Ubuntu 14.04 versão 64 bits
md5sum ubuntu-14.​04-desktop-amd64.​iso

No final, quando fizer esse teste, irá dar um valor md5 que você de­verá con­firmar através da ta­bela se­guinte. Caso os va­lores sejam os mesmos, então o fi­cheiro foi trans­fe­rido com su­cesso. Caso tenha va­lores di­fe­rentes, o me­lhor é você voltar a fazer down­load pois tem o fi­cheiro cor­rom­pido. Segue então os va­lores md5 para as duas ima­gens do Ubuntu:

Nome do Fi­cheiro MD5
ubuntu-14.​04-desktop-i386.​iso
c4d4d037d7d0a05e8f526d18aa25fb5e
ubuntu-14.​04-desktop-amd64.​iso
dccff28314d9ae4ed262cfc6f35e5153

 

Links tor­rent do Ubuntu 14.04

Muita gente pre­fere fazer down­load do Ubuntu 14.04 via tor­rent por dois mo­tivos: é ga­ran­tido que o fi­cheiro trans­fe­rido está 100% cor­reto e por­tanto não pre­cisa de fazer o teste md5; e você não con­ges­tiona os ser­vi­dores do Ubuntu.

Assim, se pre­ferir fazer down­load via tor­rent, clique num dos links se­guinte para fazer down­load do Ubuntu 13.10, con­forme a ar­qui­te­tura do seu com­pu­tador:

 

Links zSync do Ubuntu 14.04

zsync logoNa opi­nião da equipa do Ubun­tued, a me­lhor ma­neira de fazer down­load do Ubuntu é uti­li­zando uma fer­ra­menta cha­mada zSync. Esta fer­ra­menta faz down­load di­reto do Ubuntu e ainda ga­rante que o fi­cheiro foi cor­re­ta­mente trans­fe­rido, fa­zendo com que você não pre­cise de con­firmar o MD5. Caso você pre­fira uti­lizar o zSync, antes de mais veja o ar­tigo do link se­guinte que o dá a co­nhecer, ex­pli­cando como ins­talar e como o uti­lizar:

De­pois de ter o zSync ins­ta­lado, você apenas pre­cisa de exe­cutar o co­mando se­guinte para fazer down­load do Ubuntu 14.04 Trusty Tahr:

  • Para Ubuntu 14.04 de 32­bits:
  • Para Ubuntu 14.04 de 64­bits:

fonte: www.ubuntued.info 

Publicado em Linux | Deixe um comentário

AutoCAD – desenhe facilmente tudo o que imaginar no seu computador…

AutoCAD é um software do tipo CAD — computer aided design ou desenho auxiliado por computador – criado e comercializado pela Autodesk, Inc. desde 1982. É utilizado principalmente para a elaboração de peças de desenho técnico em duas dimensões (2D) e para criação de modelos tridimensionais (3D). Além dos desenhos técnicos, o software vem disponibilizando, em suas versões mais recentes, vários recursos para visualização em diversos formatos. É amplamente utilizado em arquitetura, design de interiores, engenharia civil, engenharia mecânica, engenharia geográfica , engenharia elétrica e em vários outros ramos da indústria. O AutoCAD é atualmente disponibilizado em versões para o sistema operacional Microsoft Windows e Mac OS, embora já tenham sido comercializadas versões para UNIX.
A partir da versão R14 (publicada em 1997) potencializa a expansão de sua funcionalidade por meio da adição de módulos específicos para desenho arquitetônico, SIG, controle de materiais, etc.
Outra característica marcante do AutoCAD é o uso de uma programação consolidada emlinguagem interpretada, conhecida como AutoLISP (derivado da linguagem LISP) ou uma variação do Visual Basic que permitem personalizações de rotinas e comandos.
Interpreta também sequências de comandos comuns gravados em arquivos de texto geralmente com a extensão .scr carregados através do comando script, estes sem relação com a linguagem lisp, embora possam também conter este código.

comandos básicos AutoCAD:

L – LINE + f8(horizontal, vertical)
C – CIRCLE
O – OFFSET (definir linhas e larguras das paredes)
TR – TRIM  (recortar)
TR + SHIFT – EXTEND
F – FILLET
OBJECT SNAP (PRECISÃO) – F3
MEASURE(DI,AREA) – MEDIÇÃO
BOUNDARY(BPOLY) – AGRUPA OBJETOS
H – HATCH – HACHURAS
M – MOVE – MOVER OBJETOS
CO – COPY – COPIAR OBJETOS
SC – SCALE – AUMENTAR OU DIMINUIR OBJETOS
RO – ROTATE – ROTACIONAR OBJETOS
ST – STYLER – CRIAR ESTILO DE TEXTO
DT – DTEXT – CRIAR TEXTO
MO – PROPRIEDADES
S – STRETCH – ESTICAR OBJETOS

O computador é uma poderosa ferramenta de Desenho e projeto, com o AutoCAD é possívelproduzir qualquer tipo de desenho, artístico, técnico, arquitetônico, mecânico, moda, engenharia, etc…, apesar de existir uma versão em português, os comandos parecem ser mais simples na versão em inglês, os comandos são fáceis de aprender, o AutoCAD é autoexplicativo, por exemplo: L (line) para desenhar uma linha, C (circle) para desenhar um círculo. É com certeza o programa mais fácil para desenhar no computador com precisão milimétrica. Desenhe e modele o mundo ao seu redor com os recursos versáteis e poderosos do software AutoCAD®, uma das principais ferramentas de projeto CAD 2D e 3D do mercado mundial. Maximize sua produtividade com ferramentas atualizadas para projeto conceitual, documentação de modelos e captura da realidade.

Totalmente gratuito para estudantes!

Se você é estudante de universidade, faculdade ou escola técnica/tecnológica pode obter a versão educacional do AutoCAD gratuitamente, bastando registrar-se antes na Comunidade Educacional da Autodesk (clique aqui se você ainda não é cadastrado), e depois fazer o download identificando-se como estudante. Você receberá o serial number e product key para licenciar sua cópia educacional.

A versão educacional do AutoCAD é exatamente a mesma da versão profissional. A única ressalva é a mensagem de “versão educacional” que será impressa junto com os projetos plotados. A licença educacional é válida por 36 meses (3 anos)

Se você não é estudante, pode baixar a versão de avaliação do AutoCAD, que é válida por 30 dias
Instruções para download: Ao clicar em download você será redirecionado para a página de download no site da Autodesk, onde deverá fornecer algumas informações antes de baixar o software. Se você é estudante marque a opção “Sou um estudante” para obter uma licença gratuita do programa.

LINKS PARA DOWNLOAD

AutoCAD links OFFICIAIS para download:

2010

http://efulfillment.autodesk.com/2010/ACD/AutoCAD_2010_English_MLD_Win_32bit.exe?

http://efulfillment.autodesk.com/2010/ACD/AutoCAD_2010_English_MLD_Win_64bit.exe?

2011

http://efulfillment.autodesk.com/2011/ACD/AutoCAD_2011_English_Win_32bit.exe?

http://efulfillment.autodesk.com/2011/ACD/AutoCAD_2011_English_Win_64bit.exe?

2012
http://efulfillment.autodesk.com/2012/ACD/AutoCAD_2012_English_Win_32bit.exe?authparam=1512861418_5d53a8682d97ce8e682266c4375aae31&ext=.exe

http://efulfillment.autodesk.com/2012/ACD/AutoCAD_2012_English_Win_64bit.exe?authparam=1512861418_5e2662a6eff0c07e0211d96210ee562b&ext=.exe

http://efulfillment.autodesk.com/2012/ACD/AutoCAD_2012_English_Win_32bit.exe?

http://efulfillment.autodesk.com/2012/ACD/AutoCAD_2012_English_Win_64bit.exe?

2013

http://efulfillment.autodesk.com/SWDLDDLM/2013/ACD/ESD/AutoCAD_2013_English_Win_32bit.exe?

http://efulfillment.autodesk.com/SWDLDDLM/2013/ACD/ESD/AutoCAD_2013_English_Win_64bit.exe?

2014

http://efulfillment.autodesk.com/SWDLDNET3/2014/ACD/DLM/AutoCAD_2014_English_Win_32bit_dlm.sfx.exe?

http://efulfillment.autodesk.com/SWDLDNET3/2014/ACD/DLM/AutoCAD_2014_English_Win_64bit_dlm.sfx.exe?

2015

http://efulfillment.autodesk.com/SWDLDNET4/2015/ACD/DLM/AutoCAD_2015_English_Win_32bit_R1_dlm.sfx.exe?

http://efulfillment.autodesk.com/SWDLDNET4/2015/ACD/DLM/AutoCAD_2015_English_Win_64bit_R1_dlm.sfx.exe?

 

Informações

Licença de uso: Educacional gratuita (estudantes) / Grátis para testar (profissionais)
Idioma: Inglês
Tamanho: 1.4 GB (32-bits), 1.7 GB (64-bits)
Sistema: Windows XP(SP3), Vista, 7,8 ou superior
Desenvolvedor: Autodesk Inc.
Site: www.autodesk.com

REQUISITOS DO SISTEMA

Requisitos do sistema para AutoCAD
Sistema operacional
  • Microsoft ® Windows ® 8/8. 1
  • Microsoft Windows 8/8. 1 pro
  • Microsoft Windows 8/8. 1 Enterprise
  • Microsoft Windows 7 Enterprise
  • Microsoft Windows 7 Ultimate
  • Microsoft Windows 7 Professional
  • Microsoft Windows 7 Home Premium
Tipo de CPU Para 32 bits do AutoCAD 2015:

  • 32-bit Intel ® Pentium ® 4 ou AMD Athlon ™ Dual Core, 3. 0 GHz ou superior com tecnologia SSE2

para 64-bit AutoCAD 2015:

  • AMD Athlon 64 com tecnologia SSE2
  • AMD Opteron ™ com tecnologia SSE2
  • Processador Intel ® Xeon ® com suporte Intel EM64T e tecnologia SSE2
  • Intel Pentium 4 com suporte Intel EM64T com tecnologia SSE2
Rede
  • Implantação por meio do assistente Deployment.
  • O servidor de licença e todas as estações de trabalho que irão executar aplicativos dependentes de licenciamento de rede, é necessário executar protocolo TCP/IP.
  • O Microsoft ® ou Novell TCP/IP pilhas de protocolo são aceitáveis. Login principal em estações de trabalho pode ser Netware ou janelas.
  • Além dos sistemas operacionais suportados para o aplicativo, o servidor de licença será executado no Windows Server ® 2012, Windows Server 2012 R2, Windows Server 2008, edições Windows 2008 R2 Server.
  • Citrix ® XenApp ™ 6. 5 FP1, Citrix ® XenDesktop ™ 5. 6
Memória 2 GB (8 GB recomendado)
Exibir resolução 1024 x 768 (recomendado 1600 x 1050 ou superior) com True Color
Placa de vídeo Adaptador capaz de 1024 x 768 com recursos True Color de vídeo Windows. Placa compatível com DirectX ® 9 ou DirectX 11 recomendado ainda que não seja necessário.
Espaço em disco Instalação 6. 0 GB
Dispositivo apontador Dispositivo compatível com MS-Mouse
Digitalizador Suporte WINTAB
Impressora/plotadora Mesmo que o AutoCAD 2013-2014 — suportam de impressora do sistema e HDI
Mídia (DVD) Download e instalação a partir do DVD
Navegador Windows Internet Explorer ® 9. 0 (ou posterior)
Instalação lado a lado Possíveis
Reprodutor de mídia clipes de ferramentas Adobe ® Flash ® Player v10 ou para cima
.NET Framework .NET framework versão 4. 5
Requisitos adicionais para grandes conjuntos de dados, nuvens de pontos e modelagem 3D
Tipo de CPU Processador Intel Pentium 4 ou AMD Athlon, 3. 0 GHz ou superior com tecnologia SSE2; Processador Intel ou AMD Dual Core, 2. 0 GHz ou superior
Memória 8 GB de RAM ou superior
Espaço em disco 6 GB livre em disco disponível não incluindo os requisitos de instalação
Placa de vídeo adaptador de exibição de vídeo 1280 x 1024 True Color 128 MB ou superior, Pixel Shader 3. 0 ou superior, compatível com Direct3D ® estação de trabalho
placa gráfica de classe.

Para aprender a utilizar o AutoCAD requer dedicação e disciplina, alguns cursos gratuitos e vídeos auto-explicativos podem ser encontrados nos links abaixo:

www.cadguru.com.br

www.cadklein.com.br

www.render.com.br

www.plataformacad.com

http://mycadsite.com

Lista dos principais softwares de Desenho proprietários e seus
correspondentes no mundo livre.

Aplicativo Proprietário – Software Livre e site

AutoCAD – QCAD(http://qcad.org) LibreCAD (http://librecad.org/) BRL-CAD                   (http://brlcad.org/) nanoCAD (http://nanocad.com/) Drafttsight (http://www.3ds.com/pt-br/) DoubleCAD (http://www.doublecad.com/)

Adobe Photoshop – GIMP (http://www.gimp.org)
Corel Draw ou Ilustrator – Inkscape(http://www.inkscape.org) Skencil (http://www.skencil.org) Creative Docs.NET(http://www.creativedocs.net) DrawPlus (http://www.serif.com/free-graphic-design-software/)
Adobe Indesign – Scribus (http://www.scribus.net/)
3D Studio Max – Blender (http://www.blender.org) K-3D (http://www.k-3d.org) SketchUp (http://www.sketchup.com)

Modelagem 3D – ZModeler (Zanoza Modeler) [http://www.zmodeler2.com] Freecad (http://www.freecadweb.org) gCAD3D(http://gcad3d.org) seamless3d(http://www.seamless3d.com)
Maya –Art of Ilusion (http://artofillusion.org/) Anim8or (http://www.anim8or.com)

Rhinoceros – Wings 3D (http://www.wings3d.com/)
Dreamweaver – NVU (http://www.nvu.com) KompoZer (http://kompozer.net)
Pro Tools – Audacity (http://audacity.sourceforge.net/) Ardour (http://ardour.org)
Adobe Premiere – Cinelerra (http://heroinewarrior.com/)
After Effects – Jahshaka (http://sourceforge.net/projects/jahshaka/?source=directory)
Flash – Synfig (http://sourceforge.net/projects/synfig/) Ktoon (http://sourceforge.net/projects/ktoon.berlios/)
Animação – CinePaint(http://www.cinepaint.org)
Design interior – Sweet home 3D (http://sourceforge.net/projects/sweethome3d/)
Esboço – Alchemy (http://al.chemy.org)

+ programas CAD (DESENHO AUXILIADO POR COMPUTADOOR) – (http://www.freecad.com)

 
fontes:

www.autodesk.com

www.ecivilnet.com

http://pt.wikipedia.org

 

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Instalando o KDE no Ubuntu…

atualizar seu sistema:

# apt-get update
# apt-get upgrade

baixe os pacotes do kde:

# apt-get install kde-standard
# apt-get install kde-full

para instalar o idioma português:

#apt-get install language-pack-kde-pt

pronto, só atualizar de novo seu sistema.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

dica interessante do vivaolinux para fazer cópias de segurança de seus arquivos…


Backup fácil de seus arquivos com o Backintime

Autor: Kemper Alves <kemper at omegacodigos.com.br>
Data: 16/02/2010

Funcionamento e instalação

Funcionamento

Bem, o primeiro passo para trabalhar com este tipo de programa de backup é entender o seu funcionamento.

O Backintime utiliza o rsync, diff e cron para fazer backup dos arquivos, dessa forma, ele possibilita fazer backups incrementais.

Aqui no meu note fiz o primeiro backup do meu home e deu 14GB. Uma semana depois, efetuei um novo backup (um novo snapshot) e desta vez o espaço utilizado foi de apenas 2GB, pois este segundo backup é apenas das diferenças entre o primeiro backup e o estado atual do meu home.

Se você mantiver uma regularidade no seu backup (eu faço toda sexta), os snapshots vão ficando armazenados de forma que você consiga acessar qualquer versão de qualquer arquivo, por exemplo, veja o caso abaixo:

1) Digamos que você tenha um contrato salvo no seu home (contrato.odt), então você faz backup do seu home.
1) Depois disso, abre esse contrato e altera-o apagando alguns parágrafos e acrescentando outros.
3) Após isto, faz outro backup.
3) Depois deste segundo backup você exclui o contrato e faz um novo backup.

Conclusão:

Se você abrir o Backintime, verá 3 snapshots criados. Nos dois primeiros você encontrará o arquivo contrato.odt, porém, o arquivo do primeiro snapshot será a versão original (do primeiro backup), ao passo que o do segundo snapshot será a versão já editada. E no terceiro snapshot o arquivo não existirá mais.

Quem conhece o “time machine” da Apple sabe bem do que estou falando.

Instalação

Estou utilizando o Ubuntu Linux (embora seja usuário Debian, estou testando essa nova versão do Ubuntu), a instalação via linha de comando é muito simples:

Para o Gnome:

$ sudo apt-get install backintime-common backintime-gnome

Para o KDE:

$ sudo apt-get install backintime-common backintime-kde

Se você não tem facilidade de utilizar a linha de comando, clique em Aplicativos/Central de Programas do Ubuntu e procure por Backintime:

Linux: Backup Facil de Seus Arquivos com o Backintime

Feito isso, instale a versão que lhe for mais conveniente ou ambas.🙂

Depois de instalado, estamos prontos para o próximo passo!

Configurando o Backintime

Ao acessar o Backintime pela primeira vez, você deverá configurá-lo para que atenda as suas necessidades, para isso, na janela principal clique no ícone de uma chave de boca (KDE) ou no ícone com uma chave de fenda e uma chave de boca (GNOME) que lhe dará acesso às configurações do Backintime.

Linux: Backup Facil de Seus Arquivos com o Backintime

Local de destino e agendamento

Linux: Backup Facil de Seus Arquivos com o Backintime

Nesta primeira janela você define o destino (onde vão ficar salvos os backups) e a periodicidade dos backups (pode ser desativado para que o Backintime não faça backups periódicos, ou qualquer uma das outras opções para agendar).

ATENÇÃO: o Backintime irá criar uma pasta chamada “backintime” no diretório escolhido, por exemplo, no meu caso, como o destino é meu HD externo que está sendo montando em /media/27bb4da6-64fe-4a23-9156-75b90b89cf34 automaticamente, pelo Ubuntu o caminho efetivo de backup será: /media/27bb4da6-64fe-4a23-9156-75b90b89cf34/backintme

Fazer backup de quais arquivos?

Linux: Backup Facil de Seus Arquivos com o Backintime

Nesta janela você define quais as pastas deseja incluir no seu backup, eu por exemplo coloquei meu home inteiro! Mas se desejar fazer backup apenas de algumas pastas, é só ir adicionando-as nesta aba. Apesar de fazer do home inteiro, é possível incluir alguns padrões de exclusão, como pode ser visto abaixo.

Não fazer backup de alguns arquivos

Linux: Backup Facil de Seus Arquivos com o Backintime

Você pode especificar padrões de nomes de arquivos dos quais não deseja fazer backup. Por exemplo, praticamente toda semana baixo algum arquivo .iso de instalação de algum Linux ou alguns outros sistemas operacionais😉 e não quero colocar esse lixo no meu backup. Porém estes ISOs ficam guardados no meu home que está selecionada para backup, portanto, devo fazer algo para o Backintime entender que não é para colocar os ISOs no backup (aliviando meu HD externo hehehe). Como podem ver na imagem acima, não será feito backup de:

Padrão Descrição Exemplos
.* Arquivos ocultos, cujo nome se inicie com . .bash_history
*.backup* Arquivos que iniciem com qualquer coisa, seguido de .backup e terminando com qualquer coisa minapasta.backup.10-02-20009.tar
*~ Arquivos terminados com ~ index.html~
/home/kemper/.VirtualBox Esta pasta e todas as suas sub-pastas: )
/home/kemper/.wine Esta pasta e todas as suas sub-pastas: )
*.iso Todos os arquivos que terminem com .iso debian-xxxx.iso
*.ISO Todos os arquivos que terminem com .ISO dvd-rip.ISO
/home/kemper/Downloads Esta pasta e todas as suas sub-pastas: )



Bom, creio que com estes exemplos já deu pra “sacar” como funciona as exclusões.

Removendo backups antigos automaticamente

Linux: Backup Facil de Seus Arquivos com o Backintime

Com o tempo os backups vão ficando obsoletos, e portanto, perdendo a necessidade de ficarem armazenados, o Backintime possui essa funcionalidade de excluir backups automaticamente. Comentando as opções da janela acima, posso citar:

Older then (mais velho que) Você pode especificar para excluir backups mais antigos que X dias, semanas ou ano.
If free space less than (Se o espaço disponível for menor que) Você pode especificar para excluir backups se o espaço disponível estiver pouco na mídia de destino.
Remoção inteligente Se marcar esta opção, o backintime manterá sempre: 1 backup anual, 1 backup mensal para o ano atual, 1 backup de 15 dias atras, 1 backup de 7 dias atras, 1 backup de hoje e 1 de ontem.
Don’t rename named snapshots Esta opção evita excluir um snapshot que você tenha dado nome.



Não incluirei as duas demais abas neste artigo, pois o foco é para usuários normais assim evito complicar demais. Além disso, se você é um usuário avançado, as duas demais abas são auto-explicativas.

Fazendo backups e restaurando-os

Executando um backup

Depois de configurado o Backintime, está na hora de fazer o nosso primeiro backup.

Atenção – Dependendo do tamanho do seu backup e da velocidade da unidade de destino o primeiro backup pode demorar MUUUUUUUUUUUUUUUITO!

Assim que o backup for concluído, ele aparecerá na aba esquerda (snapshots).

Do segundo backup em diante a coisa é muito rápida, pois como já havia dito anteriormente, o backups seguintes são apenas das diferenças.

Restaurando um arquivo ou pasta

Vou escrever apenas para o artigo ficar completo, pois é muito simples, basta pegar a pasta de dentro do Backintime e soltá-la onde quiser.

Por exemplo, se quiser restaurar o contrato.odt por cima do que você tem atualmente, basta soltá-lo na mesma pasta onde ele está, agora, se quiser ficar com as duas versões, basta soltá-lo sobre outra pasta.

O processo para restaurar uma pasta é o mesmo.

Parte geek do artigo

Esta parte do artigo contém apenas algumas considerações a respeito dos backups produzidos.

1) Como dito anteriormente, o Backintime cria uma pasta chamada “backintime” no destino, e dentro desta pasta, cada snapshot é uma pasta como pode ver:

$ ls -lash
total 20K
4,0K drwxr-xr-x 5 kemper kemper 4,0K 2010-02-12 10:23 .
4,0K drwxrwxrwx 17 kemper kemper 4,0K 2010-01-21 10:40 ..
4,0K drwxr-xr-x 3 kemper kemper 4,0K 2010-02-03 14:27 20100203-142438
4,0K drwxr-xr-x 3 kemper kemper 4,0K 2010-02-12 09:47 20100212-094643
4,0K drwxr-xr-x 3 kemper kemper 4,0K 2010-02-12 10:23 20100212-102317

2) Se você for mais além e entrar numa destas pastas, lá existirão 3 coisas: uma pasta chamada backup, um arquivo chamado fileinfo.bz2 e outro chamado info. Quanto a estes dois últimos não sei a funcionalidade, mas se você entrar na pasta backup, vai ver que todos os arquivos estão lá, obedecendo a estrutura original do seu HD.

CONCLUSÃO: você consegue restaurar seus arquivos mesmo se não tiver o Backintime instalado no computador, através de um simples cp ou arrastar/soltar.

3) Isto é muito interessante, vejam este exemplo:

No momento que estou escrevendo este artigo, haviam 3 snapshots:

$ ls -lash
4,0K drwxr-xr-x 3 kemper kemper 4,0K 2010-02-03 14:27 20100203-142438
4,0K drwxr-xr-x 3 kemper kemper 4,0K 2010-02-12 09:47 20100212-094643
4,0K drwxr-xr-x 3 kemper kemper 4,0K 2010-02-12 10:23 20100212-102317

Vou entrar em cada um deles e dar um du -h:

  • No primeiro: 14GB
  • No segundo: 14GB
  • No terceiro: 14GB


Como assim!? Cada backup possui 14GB! Não!!! Veja agora um du -h incluindo os 3 diretórios (a partir de /media/27bb4da6-64fe-4a23-9156-75b90b89cf34/backintime):

  • 15G


Como pode isso, os três backups possuem 14GB cada, porém os três juntos dão 15GB!

Explicação do “milagre”

Os arquivos que não possuem alteração entre um snapshot e outro são “linkados”, motivo pelo qual o Backintime não faz backups em FAT, pois este sistema de arquivos não possui suporte a links. O que pode ser comprovado através do programa abaixo:

Linux: Backup Facil de Seus Arquivos com o Backintime

Bom, espero que com este artigo e um bom HD externo as pessoas não percam mais seus dados.

Abraços a todos da comunidade e até o próximo artigo.


FONTE: www.vivaolinux.com.br

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Como programar em C no Linux…

Programando em C no Linux

Para programar em c no linux é muito fácil pois a maioria das distribuições já vem com o gcc instalado que é o compilador padrão da linguagem c.

abra o terminal como

#root

basta criar o código utilizando qualquer editor como: nano, pico, emacs, bluefish, geany, tea, vim, gedit…..

e salvar o arquivo código fonte com a extensão .c

depois de criado o código é só compilar com o gcc

por exemplo:

# gcc -o nomedoprograma códigofonte.c

após este comando o programa é compilado, agora é só

executar o programa criado com o comando

# ./nomedoprograma

pronto, seu programa estará conluído. se quiser alterar o programa, basta editar o códigofonte.c e compilar o programa outra vez.

muitos modelos de programas em c podem ser encontrados na web

repita alguns exemplos até fixar bem e depois crie seu próprio programa de acordo com suas necessidades e conhecimento.

powered by raidermx.blogspot.com

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Rating

Rating

     O rating serve para medir a força de um jogador, e o rating é uma avaliação matemática para avaliar essa força. confira embaixo como funciona e como se faz um rating:

Informação sobre Ratings

  • O que são ratings?
  • Para que servem ratings?
  • Como faço para conseguir um rating?
  • Como calcular ratings? (não se preocupe, aqui a fórmula é bem explicada!)

O que são Ratings?

Rating é um número inteiro no intervalo [0,3000] (de 0 até 3000 pontos) que indica a quantidade de pontos obtidos por um jogador de xadrez.
Quanto maior o rating, melhor é o jogador e, teoricamente, é tão difícil alcançar a escala de 3000 pontos quanto a de 0 pontos.


Para que servem os Ratings?

Dentro de grandes organizações de xadrez, com milhares de membros, é necessário um sistema para classificar todos os jogadores cadastrados, para que se possa indicar a posição de qualquer jogador a qualquer momento. Daí é que entram os sistemas de ratings, atribuindo pontos aos jogadores conforme os resultados de suas partidas e possibilitando que um jogador meça sua capacidade enxadrística em relação aos outros sem, obviamente, ter que enfrentar um por um.
Entre grandes mestres, é difícil dizer quem é melhor do que quem, afinal, devido à genialidade de todos, os resultados de jogos são bem equilibrados. Se não fossem os ratings indicando, por exemplo, que o 1º lugar (Kasparov G) tem mais pontos que o 2º (Anand V) dificilmente saberíamos quem está melhor.


Como conseguir um Rating?

Para ter seu próprio rating, é necessário que você se filie a alguma federação de xadrez, por exemplo, a CBX (Confederação Brasileira de Xadrez)(http://www.cbx.org.br/CadastroGeral.aspx)ou a FIDE (Federação Internacional de Xadrez)(www.fide.com). Daí, você receberá um rating provisório e após alguns jogos finalmente terá seu próprio rating, que variará de acordo com seus resultados.


Cálculo do Rating

Aqui apresentaremos a fórmula de cálculo do rating CBX, que é a mesma fórmula do cálculo do rating FIDE, com a diferença que a FIDE só publica seu rating se ele for >= 2000 pontos.


RATING PROVISÓRIO


Quando a pessoa acabou de ingressar na CBX, por exemplo, ela ainda não tem um rating. Nesse intervalo, o rating é “provisório”. Para adquirir um rating a pessoa deve ir jogando em torneios valendo rating, e as partidas que ela jogar vão somando. Quando ela somar sua 16ª partida, espera-se acabar o torneio e daí ela vai adquirir um rating de acordo com todas as partidas jogadas até o momento (não necessariamente 16). O Rating será calculado pela seguinte fórmula:

RI = Rating Inicial (Primeiro rating que o jogador terá)
RM = Média aritimética dos ratings dos Adversários
PG = Número de pontos ganhos
PP = Número de pontos perdidos
N = Número total de partidas jogadas (n = PG + PP)

Algumas observações importantes:

  • Disputas com jogadores de rating provisório são desconsideradas. Considere apenas os jogos contra pessoas de rating bem definido.
  • Lembre-se que em cada jogo de xadrez disputa-se um (01) ponto. Vitória vale 1 ponto, empate vale ½ e derrota vale 0 ponto.

UM EXEMPLO:
Certo jogador acabou de entrar na CBX. Daí ele jogou 5 partidas num torneio, 4 partidas no outro, mais 5 em um outro torneio, e finalmente 4 partidas num outro torneio, totalizando 18 partidas. Vamos considerar essa tabela de desempenho abaixo:

Rating do Adversário Resultado
1900 Vitória
1500 Vitória
2200 Empate
2200 Derrota
2100 Vitória
1200 Vitória
2150 Derrota
2050 Vitória
2000 Empate
2100 Empate
1700 Vitória
2300 Derrota
2020 Vitória
1400 Vitória
1840 Vitória
1900 Empate
2100 Vitória
2050 Vitória

Até o fim do terceiro torneio, ele ainda não havia completado 16 partidas. No quarto torneio ele finalmente totalizou 16, e chegou a 18. Daí, calcula-se o rating considerando todas as partidas. Veja os dados:

RM (Rating médio dos adversários) 1928
PG (Pontos ganhos) 13 (4 empates (½ cada) + 11 vitórias
PP (Pontos perdidos) 4 4 empates (½ cada) e 3 derrotas
n 18 partidas

Aplicando na fórmula:
RI = RM + 400x(PG-PP)/n
RI = 1928 + 400x(13-4)/18
RI = 1928 + 400x(9)/18
RI = 1928 + 3600/18
RI = 1928 + 200
RI = 2128


APÓS OBTENÇÃO DE RATING


Após o jogador obter um rating inicial com a fórmula acima, após cada evento passado seu novo rating será calculado por:

R = RA + K x (Po - Pe)

R = Rating (Rating após o evento)
RA = Rating anterior ao Evento
K = Constante que varia de acordo com o rating do jogador. Consulte a tabela “K” abaixo.

Rating do jogador Valor de K
Até 1900 45
1900 – 2200 30
2200 – 2350 15
2350 – acima 10
Po = Número de pontos ganhos no evento
Pe = Número de pontos esperados no evento. O Cálculo do Pe será explicado logo abaixo.

Cálculo do Pe

VIT = Probabilidade de vitória. Cálculo de acordo com a tabela abaixo.
P = Total de pontos disputados
Diferença entre rating médio dos adversários e rating do jogador (em módulo) VIT se Rating do jogador maior que Rating médio VIT se Rating do jogador menor que Rating médio
0-3 0.50 0.50
4-10 0.51 0.49
11-17 0.52 0.48
18-25 0.53 0.47
26-32 0.54 0.46
33-39 0.55 0.45
40-46 0.56 0.44
47-53 0.57 0.43
54-61 0.58 0.42
62-68 0.59 0.41
69-76 0.60 0.40
77-83 0.61 0.39
84-91 0.62 0.38
92-98 0.63 0.37
99-106 0.64 0.36
107-113 0.65 0.35
114-121 0.66 0.34
122-129 0.67 0.33
130-137 0.68 0.32
138-145 0.69 0.31
146-153 0.70 0.30
154-162 0.71 0.29
163-170 0.72 0.28
171-179 0.73 0.27
180-188 0.74 0.26
189-197 0.75 0.25
198-206 0.76 0.24
207-215 0.77 0.23
216-225 0.78 0.22
226-235 0.79 0.21
236-245 0.80 0.20
246-256 0.81 0.19
257-267 0.82 0.18
268-278 0.83 0.17
279-290 0.84 0.16
291-302 0.85 0.15
303-315 0.86 0.14
316-328 0.87 0.13
329-344 0.88 0.12
345-357 0.89 0.11
358-374 0.90 0.10
375-391 0.91 0.09
392-411 0.92 0.08
412-432 0.93 0.07
433-456 0.94 0.06
457-484 0.95 0.05
485-517 0.96 0.04
518-559 0.97 0.03
560-619 0.98 0.02
620-735 0.99 0.01
736 1.00 0.00

UM EXEMPLO: Um jogador de rating 1900 entrou num torneio e teve o seguinte desempenho:

Rating do Adversário Resultado
2000 Vitória
2050 Empate
2100 Empate
2200 Derrota

Vejamos os dados para esse jogador:

  • RA = 1900
  • K = 45
  • Po = 2
  • Pe: Cálculo…O Rating médio dos adversários é 2087 pontos ([2000+2050+2100+2200]/4) e a diferença entre os ratings é 187 pontos. Pela tabela, VIT=0,26 e então:
    Pe = P x VIT
    Pe = 4 x 0,26
    Pe = 1,04

Daí, aplicando na fórmula temos que…
R = RA + K x (Po – Pe)
R = 1900 + 45 x (2 – 1,04)
R = 1900 + 45 x 0,96
R = 1900 + 43
R = 1943

fonte: http://www.geocities.ws/alecesar1/rating.htm

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

ICC Dasher 1.5.3 em português

ICC Dasher 1.5.3 em português 

ICC Dasher ScreenshotAgora você também já pode baixar o mais novo programa do ICC, Dasher, em português!

ICC Dasher é um programa para Windows que serve para conectar e jogar no Internet Chess Club. Você pode baixar e usa-lo completamente grátis.

  1. Baixe Dasher 1.5.3 em português 8,5 MB
  2. Execute o arquivo que você baixou.

Para ver uma lista de preguntas e respostas (FAQ) leia “help dasher“.

Para ver uma lista de mudanças e melhoras das versões anteriores, leia Melhoras nesta versão.

Algumas características principais:

  • Programa de xadrez para jogar offline. Você pode jogar contra ele ou analisar suas partidas.
  • Uma interface mais leve e bomita.
  • Sons em português gravados pela jogadora brasileira Vanessa Gazola.
  • Opções de jogos de peças e tabuleiros mais bomitos.
  • As janelas e chat permitem uma grande quantidade de possibilidades de configuração diferente.
  • Abas que facilitam a visualização dos canais.
  • Janelas de chat que se abrem automaticamente.
  • Board Layout settings dialogMelhores opções gráficas para jogar torneios.
  • Notação algébrica com fuguras das peças.
  • Botões para jogar Bughouse.


Dasher 1.5.3 is available in these languages:


ICC Dasher é propriedade (C) 2010 de Internet Chess Club . Inc.

 

fonte: http://www.chessclub.com/

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário